O nome YoGoTe consiste em três sílabas japonesas que têm o seguinte significado:

Yo (Mundo) Go (Língua), Te (Mãos)

世     语     手

Estas sílabas podem ser escritas em caracteres que são comuns a japoneses e chineses, o que reforça o caráter internacional do projeto.

Pode ver aqui uma animação que o explica.

O projeto YoGoTe visa promover o uso de gestos internacionais entre pessoas que falam línguas diferentes.

Isto introduz na aprendizagem de línguas uma perspectiva multilingue e interlinguística:

– Aprendizagem multilingue significa que há uma variedade de idiomas que poderemos aprender e o método é o mesmo para todos, com base na utilização de gestos internacionais comuns.

Aprendizagem interlinguística refere-se ao facto de a utilização de uma metodologia e de recursos didáticos comuns (símbolos internacionais), com os quais há a possibilidade de sermos aluno e professor ao mesmo tempo, de modo recíproco:

eu ensino-lhe o meu idioma e você ensina-me o seu

O projeto YoGoTe é apresentado neste blog de ​​acordo com as seguintes secções:

Desenvolvimento

Mostra como o processo continuou ao longo dos anos, bem como os materiais que estão disponíveis atualmente: gestos, sinais, fontes para a escrita, dicionário, outros materiais e animações.

Difusão

Pode ver as principais ações que foram empreendidas para promover o projeto e o uso de gestos internacionais, com música ou poesia, bem como eventos especiais, como o programa TST (Transatlantic Slave Trade) de UNESCO, o Ano Europeu das Línguas 2001, a Marcha Mundial das Mulheres e o Fórum Mundial de Educação 2010

Educação

Os Gestos Internacionais podem ser utilizados em todos os níveis de ensino: pré-escolar (alfabetização), primário, secundário ou universidade. Pode ver experiências interessantes em todos estes níveis, bem como no contexto específico da Rede SEA-UNESCO (Sistema de Escolas Associadas)

Institucional

O uso de símbolos internacionais pode contribuir efetivamente para a comunicação internacional e a compreensão mútua e, portanto, para promover a Paz. Este facto tem sido repetidamente reconhecido por instituições internacionais como o movimento TFP (Educadores para a Paz), o Comissário Europeu para o Multilinguismo, os Parlamentos Latino-americano e Pan-Africano e até mesmo a UNESCO.

Multilinguismo

Um novo conceito é possível através o uso de símbolos internacionais no domínio da aprendizagem das línguas e do multilinguismo: a possibilidade duma ponte de duas vias de aprendizagem entre diferentes idiomas. Este novo conceito permite a produção de aulas de línguas e a criação de clubes de línguas onde os membros podem fazer interessantes atividades em determinados idiomas, tais como apresentações ou até mesmo um mercado global. Propõe-se também um trabalho colaborativo, a fim de adicionar novas línguas, tentando criar uma rede que possibilite a aprendizagem recíproca de Idiomas.